O que faz um analista de inbound marketing?

O que faz um analista de inbound marketing?
O que faz um analista de inbound marketing?
Rate this post

As pessoas hoje estão cada vez mais atentas com o que procuram e com os produtos que lhe são oferecidos. Elas necessitam de maiores informações, por isso procuram diferentes produtos em diferentes lugares, até acharem um que lhe de maior confiança. Dessa forma, saiba mais o que faz um analista de inbound marketing.

Porém alguns marketings se tornam obsoletos, pois bombardeiam páginas da internet com banners e anúncios que não são necessários naquele momento nem para aquele cliente. E é exatamente nessa parte que entram os analistas de inbound.

Um marketing eficaz é possível quando a empresa de marketing sabe analisar o seu cliente, o que ele quer, a que momento ele precisa do produto e como atraí-lo permanentemente. Existem etapas para se conseguir isso, e um analista de inbound precisa conseguir praticá-las.

Aqui você aprenderá os seguintes tópicos sobre analista de inbound marketing:

  • O que faz um analista inbound marketing
  • Como funciona o inbound marketing
  • Por que é importante contratar um analista de inbound marketing
  • Onde trabalhar
  • Quanto ganha um analista de inbound marketing

 O que faz um analista inbound marketing

A intenção de uma analista de inbound marketing é atrair o cliente de forma espontânea e criativa para ganhar sua atenção em um produto. É possível levar informações ao cliente sobre algo que ele esteja procurando de forma discreta e sensível até que ele ganhe confiança e vá atrás por conta própria.

Esse profissional não faz um tipo de marketing que atraia o máximo de pessoas possíveis para o seu produto, mas um marketing que atraia as pessoas certas que analisarão o produto e irão adquiri-lo.

O analista precisa criar um conteúdo que chame a atenção de um público especifico para assim adquirir confiança e então a permissão de poder se comunicar de forma mais direta e assim criar uma relação de longo prazo com seu cliente.

Como funciona o inboud marketing

O processo de Inbound Marketing está sempre preocupado em nutrir as pessoas com conteúdo relevante, por isso foi desenvolvido relacionando quatro ações necessárias para se ter um bom desenvolvimento na conquista do seu cliente. Essas ações são atrair, converter, fechar e encantar.

A primeira etapa é atrair um público alvo e gerar um trafego qualificado de pessoas que realmente estão dispostas a adquirir esse produto.

Logo as pessoas que antes eram desconhecidas são atraídas através de meios como blogs que produzem conteúdo especifico, tiram dúvidas e conquistam respeito e se tornam visitantes. As redes sociais também são um ponto forte, mas precisam procurar e interagir com o público esperado.

Além disso existem muitas outras formas, como sites de pesquisas e buscadores, direcionamento de páginas.

A segunda etapa é converter o público que você já atraiu, transformando seus visitantes em leads. Os leads são potenciais consumidores que mostraram interesse em um produto ou serviço através de cadastros, e-mails, formulário.

Assim as empresas de marketing mostram aos visitantes que podem lhes oferecer algo bom para eles em troca do preenchimento de formulários, links que incentivam o visitante a tomar decisões como realizar downloads, obter algum benefício gratuito ou direcionar ao preenchimento de cadastros, e assim conseguir um e-mail, telefone ou qualquer tipo de contato com seu visitante.

A terceira etapa é fechar esse contato com o lead, como já conseguimos algum tipo de contato com ele como o e-mail, é possível oferecer conteúdo de qualidade, uteis e relevantes. Conseguir informações detalhada sobre seu lead, como contatos, onde ele trabalha, seu núcleo social, seus interesses.

Com esses dados o analista consegue direcionar informações, e-mail ou páginas para seu lead com algo de seu interesse, e assim transformar o seu lead em seu cliente.

A quarta e última etapa é encantar o seu cliente, ou seja, continuar dando assistência e benefício ao seu cliente mesmo que ele já faça parte do seu serviço, pois a intenção final do analista inbound é transformar o cliente em um divulgador e para isso todos devem estar felizes e satisfeitos com o serviço realizado.

Assim são utilizadas ferramentas para saber o quanto seu cliente está satisfeito através de pesquisas de satisfação e monitoramento das redes sociais. O analista consegue verificar se o cliente está dando boas indicações sobre o serviço solicitado e assim um bom feedback.

Por que é importante contratar um analista de inbound marketing

Um bom marketing digital traz para as empresas mais trafego de pessoas que se interessam por um serviço ou produto, pois a maioria das pessoas fazem buscas online, clicam em links direcionados para buscas de seu interesse.

Além disso o inbound marketing é essencial para as empresas na economia atual, pois tem um custo bem menor por lead do que o marketing tradicional.

As formas como o analista consegue atrair as pessoas são de fundamental importância, já que a maioria das pessoas acessam a internet, é fato que os locais e o conteúdo que contém o marketing precisam estar na hora certa em que o cliente precisa, para que haja um interesse.

E só assim o visitante consegue permitir que a empresa consiga mostrar todo o potencial de seu serviço.

Os clientes criam uma relação com a empresa que conseguem promover uma divulgação através de feedbacks positivos criados graças ao analista que conseguiu captar o interesse de seu cliente e adquirir sua confiança se tornando uma relação duradoura.

O analista inbound marketing se tornará essencial em pouco tempo, pois a comunicação virtual está em crescimento constante e cada vez mais pessoas de todas as idades, classe social, gênero estão participando desse meio de comunicação e tornando um meio de informação e comércio muito amplo onde as pessoas podem se relacionar diretamente com as empresas.

Por isso é necessária essa ligação entre a empresa e o cliente onde o analista torna capaz o envolvimento entre os dois, fazendo com que a empresa ganhe clientes, seja divulgada em vários canais de informação, ganhe respeito, confiança, gaste menos dinheiro e tenha precisão no seu público.

 

Etapas do inbound marketing

Para quem não sabe, a metodologia do Inbound Marketing é realizado de acordo com uma sequência lógica de etapas, onde toda estratégia de sucesso deve passar por algumas fases, como atrair, converter, relacionar, vender e analisar. Assim, essas etapas se complementar de uma forma inteligente. Saiba abaixo todos os detalhes sobre cada uma dessas etapas.

Atrair

No Inbound Marketing é envolvida uma equação bastante simples, onde um site sem visitas não gera Leads, e sem os Leads não há vendas e, por consequência, perde-se toda a razão para se trabalhar com essa estratégia.

Por esse motivo a primeira etapa do Inbound Marketing é atrair e, sem dúvidas não poderia ser diferente.

Nesse caso, a genialidade dessa etapa é muito simples, pois ao invés de gastar energia em procurar pessoas que poderiam se interessar sobre seu negócio ou mercado, gasta-se energia na construção de algo digno de legítima atenção e assim atrai-se muitas pessoas que por espontânea vontade se interessaram no assunto.

O resultado disso é um público muito mais engajado e propenso a realmente consumir o produto. Além disso, existem muitas formas de fazer tudo isso acontecer. Dessa forma, é importante você conhecer cada uma. Segue abaixo:

  • BLOG

O blog está normalmente atrelado a uma estratégia de Marketing de Conteúdo, que é um dos principais pilares do Inbound Marketing. Ao contrário do que pode parecer, usar o blog como uma ferramenta de marketing não é apenas publicar em um site textos aleatórios sobre o seu assunto, é preciso planejamento.

Um blog bem feito produz conteúdo de qualidade baseado no seu público-alvo e nas etapas do processo de compra em que ele ocasionalmente poderá estar.

Apesar disso, ter um blog não se trata apenas de trabalhar e orientar o usuário na jornada de compra, mas também se trata de criar relacionamento e identificação com seu público. Até porque lá você pode abordar temas menos engessados, que no site você normalmente não poderia abordar.

Converter

A etapa de conversão complementa totalmente a anterior, pois o visitante precisa virar Lead para poder avançar no processo de compra.

Nesse contexto, quando falamos de conversão, estamos nos referindo à ação do usuário de passar suas informações em troca de uma recompensa ou benefício, como uma oferta de material rico, de que falaremos logo a seguir.

Ter um site com muitas visitas e nada de conversão não é muito vantajoso no âmbito do Inbound Marketing. Existem várias formas e elementos que podem ajudar você a transformar seus visitantes em Leads. Algumas delas são:

  • Criação de Ofertas:

Uma das formas de fazer com que um visitante se torne um Lead é por meio da produção de ofertas. Elas podem ser categorizadas em basicamente duas categorias, como:

  1. Ofertas diretas: que são aquelas que estão mais diretamente voltadas à compra, como pedidos de orçamento, demonstração de software, teste gratuito, entre outras;
  2. Ofertas indiretas: que já são geralmente focadas em estágios menos avançados da jornada de compra, ou seja, possuem o objetivo de educar e resolver problemas específicos dos Leads. Alguns formatos comuns de ofertas são eBooks, webinars, ferramentas etc.

Relacionar

Como sabemos, nem todos os clientes em potencial estão no momento de realizar uma compra. Quando olhamos para a jornada de compra, vemos claramente que existem etapas bem definidas que devem ser respeitadas até o ponto em que uma pessoa está “pronta” para receber uma abordagem.

Vender

Todo o trabalho de geração e nutrição de Leads visa produzir demanda e gerar oportunidades de negócio para a sua empresa. Em alguns casos, o processo de vendas acontece dentro do próprio website, e em outros é necessário o contato entre um vendedor e o potencial cliente.

De maneira geral, quanto mais complexo o produto (maior o seu ticket), mais o processo de vendas tem de ser algo consultivo, concluindo o papel da nutrição de Leads de concretizar a venda.

Essa mudança de paradigmas, em que o Lead agora percorre parte da jornada de compra antes de entrar em contato com o vendedor, traz diversas implicações que estão transformando o mundo das vendas.

Analisar

Um dos principais diferenciais do marketing digital é poder avaliar precisamente seus resultados e comprovar o retorno dos seus investimentos com base em fatos. As possibilidades analíticas do Marketing Digital são responsáveis por realimentar todo o processo do Inbound Marketing.

É possível monitorar cada ação que ocorre nas interações do seu público com seus sites, posts e campanhas, o que torna o trabalho mais inteligente.

Além disso, todo o processo pode ser otimizado detectando-se as taxas que estão abaixo do esperado para direcionar os esforços do time de marketing. Toda essa capacidade analítica do marketing é amplamente suportada por algumas ferramentas disponíveis no mercado.

Saiba a diferença do Marketing Tradicional e do Inbound Marketing

No Marketing Tradicional, as estratégias para promover uma marca ou um produto acontecem por meio de anúncios de interrupção é predominante.

Um exemplo bem simples desses tipos de anúncios são as propagandas publicitárias que literalmente interrompem a programação de TV para fazer uma apresentação rápida e chamativa do produto.

A grande questão é que o cliente só terá mais detalhes quando se entrar em contato direto com o vendedor. E é o vendedor que tem a missão de explicar as funcionalidades do produto ou os processos do serviço, mostrar os diferenciais competitivos da empresa e tirar as dúvidas do potencial cliente. Portanto é o vendedor, neste caso, o agente da comunicação e não a marca.

Já no Inbound Marketing, as pessoas mudaram completamente seu hábito de consumo nos últimos 10 anos, pelo menos. Agora, ao se interessar por um produto ou serviço, a primeira coisa que fazemos é procurar no Google as opções disponíveis, entender as variáveis de cada produto ou serviço por meio de conteúdos disponíveis nos portais de notícias e em blogs de empresas especializadas.

A verdade é que a internet foi um divisor de águas no Marketing, transformando clientes praticamente em experts sobre todo assunto que tiverem interesse em dar um Google.

Hoje, quando o consumidor chega à loja ou ao e-commerce ou ainda entra em contato com uma empresa pedindo um orçamento, ele já não tem muitas dúvidas e sabe bem o que quer.

Em outras palavras: ele está pronto para negociar. Com essa mudança de comportamento, surgiu a necessidade das empresas de usarem seus sites, blogs, redes sociais e e-mails para fazerem aquilo que antes os seus vendedores faziam, como explicar para o potencial cliente tudo que ele precisa saber sobre o produto ou serviço ofertado, mostrando as possibilidades e, tirando dúvidas, e tudo isso sem ser invasivo, insistente, chato.

Assim, foi que nasceu o Inbound Marketing, o qual não se trata de uma invenção de algum estrategista, mas sim de uma percepção do comportamento digital do consumidor que, como consequência, gerou a necessidade de “reinventar” a maneira das marcas se comunicarem com seus potenciais clientes.

 Benefícios do Inbound Marketing

Além do Inbound Marketing ser uma estratégia que se adapta perfeitamente ao comportamento atual do consumidor, o Inbound Marketing ainda tem outros benefícios, tais como:

Posicionamento da empresa como autoridade sobre o próprio mercado

Ao ajudar seu potencial cliente a resolver um problema e encontrar uma solução por meio de conteúdos digitais (blog post, por exemplo), naturalmente você faz com que ele perceba que sua empresa é especialista no que faz e possui autoridade no mercado em que atua.

Consequentemente, a sua empresa terá maior credibilidade dentre os concorrentes.

Geração de um ativo próprio

Os conteúdos indexados no Google, os contatos da sua lista de e-mails, os seguidores das suas redes sociais, tudo isso é um ativo da empresa.

Dessa forma, pense no quanto as marcas investem em mídia, em um espaço que seja, para conseguir falar com seu público-alvo enquanto que no Inbound Marketing a empresa tem condições de gerar seu próprio público, seu próprio canal de comunicação, sua própria mídia.

O funcionamento do ativo permanente como uma barreira competitiva

Sendo assim, se uma empresa conquista ótimas posições orgânicas no Google, garantindo um grande volume de tráfego orgânico para seu site e ainda uma lista de potenciais clientes (mailing) com quem poderá se relacionar, é claro que ela terá maiores possibilidades de fechar negócios do que seus concorrentes.

Onde trabalhar como Analista de Inbound Marketing

Um Analista de Marketing Digital pode trabalhar em empresas dos mais inúmeros segmentos que necessitem de um olhar técnico na área ou também agências específicas de marketing digital.

Cada vez mais popular, o marketing digital tem ganhado muito espaço em empresas de todos os portes. Com investimentos menores do que com a publicidade tradicional, mais possibilidades de inserção de um profissional do ramo para administrar essa área dentro de uma empresa.

Muitas optam por fazer o trabalho de marketing digital internamente e não dependerem de terceirização. Maiores oportunidades de emprego no mercado em inúmeros tipos de negócio que estão investindo no meio digital.

As possibilidades no mercado de trabalho estão aumentando com a forte demanda de clientes que estão procurando por serviços em marketing digital. Consequentemente, as agências especializadas e empresas de todos os tipos de seguimento estão contratando profissionais qualificados para trabalharem internamente e outras terceirizando o serviço.

As agências de marketing digital geralmente têm um ambiente descontraído e dinâmico, possuindo uma equipe especializada na área. Dessa forma você poderá atuar em uma área que tenha mais afinidade como SEO ou Mídias Sociais, por exemplo.

Se você pensa que somente trabalhar dentro de uma agência será sua única opção, está enganado! Cada vez mais os serviços freelances estão sendo contratados.

Freelances são pessoas qualificadas que trabalham em Home Office, com clientes bem delimitados e oferecem os mesmos serviços proporcionados pelas agências. Têm a possibilidade de trabalhar de qualquer lugar, já que é um serviço que não se limita a um ambiente de trabalho específico, alcançando assim a tão sonhada liberdade financeira.

Quais ferramentas o Analista de Inbound Marketing precisa dominar?

O profissional de marketing digital precisa dominar ferramentas que auxiliam em todo o processo de planejamento. Sem elas, seria quase impossível mensurar resultados de maneira eficiente e criar uma estratégia pronta para alavancar resultados.

Existem várias ferramentas no mercado, mas aqui são algumas das mais populares – cada uma com sua funcionalidade específica:

  • Webmaster Tools (Identifica problemas em títulos, meta descriptions, erros de crawling, entre outros).
  • Keyword Planner (Pesquisa de palavras-chave)
  • Analytics (Mensuração de resultados)
  • Adwords (Links patrocinados/anúncios)
  • Pagespeed Insights (Avalia o tempo de carregamento e otimizações em HTML/CSS/JS de uma página)
  • Ubbersuggest (Pesquisa de palavras-chave)
  • Open Site Explorer (Analisa quantos links qualquer website possui)
  • Majestic SEO (Análise de backlinks)
  • Moz Analytics (Análise de backlinks, palavras-chave e gerenciador de projetos)
  • SEMrush (Gerenciador de projetos. Avalia o mercado e quais palavras você pode utilizar em seus projetos)
  • Deepcrawl (Analisa sites para apontar/encontrar problemas)
  • MailChimp (Ferramenta de disparo de e-mails)

Todo profissional de marketing digital precisará dominar algumas ferramentas básicas dessa lista. É necessário conhecimento em ferramentas de gestão e mensuração de resultados de redes sociais, disparo de e-mail marketing, automação de marketing, pesquisa de palavras-chave, entre outras.

Quanto ganha um Analista de Inbound Marketing?

 A média salarial de um Analista de Marketing Digital gira em torno de R$ 2.281,05, podendo variar entre R$2.001,00 a R$3.000,00. Mas, é claro que conforme os anos de experiência no mercado, especializações e outros adicionais à carreira garantem salários bem acima da média do mercado.

Desenvolvimento da carreira de Analista de Inbound Marketing

Esta é uma área em constante mudança e crescimento tende a oferecer muitas oportunidade, além de ser um mercado que está necessitando de profissionais qualificados, então se você tiver os requisitos e experiência necessárias poderá alavancar a carreira com mais facilidade.

Assim, cargos mais altos como gerenciamento de projetos, por exemplo, são possíveis em empresas de médio a grande porte. Nessas empresas existem equipes maiores e também mais possibilidades de crescimento.

Portanto, se você não gosta de rotina, e gosta de sempre estar envolvido em vários projetos, e além disso possui a vontade de aprender e capacidade de planejamento.

Então a profissão de analista de Inbound Marketing pode ser uma opção a considerar. Além disso, procure investir em bons cursos, seja bom no que faz e terá a oportunidade de ingressar em um mercado emergente e cheio de possibilidades em um universo digital e interessante.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!